Ampliação

Maternidade

Pronto Socorro

SADT

Agendar Consultas

(11) 4993 3773

Agendar Exames

(11) 4993 3767

Pronto atendimento

O serviço de Pronto-Atendimento do HMCG está à disposição 24 horas por dia para atender as urgências em diversas especialidades.

Saiba mais

Maternidade

A Maternidade do Hospital Christóvão da Gama oferece todo conforto e segurança para este momento tão esperado: A CHEGADA DO BEBÊ.

Saiba mais

Localização das unidades

Todos

O Lorem Ipsum é um texto modelo da indústria tipográfica e de impressão. O Lorem Ipsum tem vindo a ser o texto padrão usado por estas indústrias desde o ano de 1500, quando uma misturou os caracteres.

Novidades

Diagnóstico precoce ainda é a maior arma contra o câncer de mama, avisa médico do HMCG.

08/10/2014
<p style="text-align: center;"></p> <p style="text-align: justify;"><em> </em></p> <p style="text-align: center;"><em><span style="font-size: 13px;"><strong>No &nbsp;m&ecirc;s dedicado &agrave; campanha de combate &agrave; doen&ccedil;a, inicia-se nova onda de conscientiza&ccedil;&atilde;o</strong></span><br /> <br /> </em></p> <p style="text-align: justify;"><em> </em></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">Apesar de campanhas mundiais de conscientiza&ccedil;&atilde;o sobre exames preventivos para detectar precocemente a doen&ccedil;a, o c&acirc;ncer de mama continua a apresentar taxas altas de mortalidade no Pa&iacute;s, mesmo que o sucesso dos tratamentos possa atingir sobrevida m&eacute;dia de aproximadamente 61% ap&oacute;s cinco anos do tratamento. As estat&iacute;sticas indicam aumento da incid&ecirc;ncia do tumor tanto nos pa&iacute;ses desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento, conforme o Instituto Nacional de C&acirc;ncer (INCA). O c&acirc;ncer de mama &eacute; o primeiro tipo mais frequente no mundo em mulheres. No Brasil, s&atilde;o cerca de 50 mil novos casos por ano. Apesar de todo o avan&ccedil;o da medicina, o diagn&oacute;stico precoce fruto de h&aacute;bitos eficazes de preven&ccedil;&atilde;o, como o auto-exame, rastreamento de rotina e campanhas de massa, ainda &eacute; o melhor ataque a este mal, chegando a 90% de chance de cura quando detectado em est&aacute;gio inicial, contra menos de 20% nos mais avan&ccedil;ados.</span></p> <p style="text-align: justify;"> </p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">O mastologista do <strong>Hospital e Maternidade Dr. Christov&atilde;o da Gama </strong></span><strong><span style="font-size: 10.5pt; font-family: calibri, sans-serif;">(HMCG)</span></strong><strong> </strong><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">em Santo Andr&eacute;, &Iacute;talo Dutra explica que os principais fatores de risco para o c&acirc;ncer de mama acontecem em mulheres com idade entre 45 a 65 anos, que possuam hist&oacute;rico familiar, principalmente em parentes de primeiro grau que desenvolveram a doen&ccedil;a antes da menopausa. Outros fatores preocupantes </span><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">s&atilde;o em rela&ccedil;&atilde;o &agrave;s mulheres que tiveram a primeira menstrua&ccedil;&atilde;o precoce ou a menopausa tardia, que participaram de terapias hormonais sexuais em altas doses ou que a primeira gravidez foi postergada, al&eacute;m de tamb&eacute;m estar associado a fatores como obesidade, hipertens&atilde;o arterial, diabetes, sedentarismo, entre outros. Segundo o INCA, o c&acirc;ncer de mama, doen&ccedil;a que consiste no desenvolvimento anormal das c&eacute;lulas da mama que se multiplicam repetidamente, formando um tumor maligno, &eacute; o tipo de tumor mais comum entre as mulheres, correspondendo a aproximadamente 22% dos casos.</span></p> <p style="text-align: justify;"> </p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">Vale ressaltar que as formas de tratamento ao c&acirc;ncer de mama continuam avan&ccedil;ando, o que proporciona cirurgias cada vez menos agressivas, drogas-alvo espec&iacute;ficas, com subst&acirc;ncias mais eficazes no combate &agrave; doen&ccedil;a. Em casos de tumor maligno, o mastologista ressalta que cada paciente possui suas peculiaridades, inclusive psicol&oacute;gicas, portanto, cada um ter&aacute; tipos e sequ&ecirc;ncias de tratamentos diferentes, sendo que a maioria dos casos ainda necessita de alguma interven&ccedil;&atilde;o cir&uacute;rgica. O m&eacute;dico lembra ainda que, apesar da cren&ccedil;a popular de que o c&acirc;ncer de mama ataca apenas mulheres, os homens tamb&eacute;m s&atilde;o suscet&iacute;veis &agrave; doen&ccedil;a, numa propor&ccedil;&atilde;o menor, de aproximadamente 100 mulheres para 1 homem, por isso devem ficar ainda mais atentos, pois tanto a falta de informa&ccedil;&atilde;o quanto o preconceito podem retardar o diagn&oacute;stico, resultando em uma doen&ccedil;a aparentemente mais agressiva. </span></p> <p style="text-align: justify;"> </p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">O mastologista lembra que auto-exame, avalia&ccedil;&atilde;o cl&iacute;nica peri&oacute;dica e a mamografia s&atilde;o as formas de preven&ccedil;&atilde;o secund&aacute;ria. Afirma que a primeira mamografia deve ser feita aos 35 anos, pois este exame inicial &eacute; utilizado como ponto de partida para avaliar as condi&ccedil;&otilde;es gerais da mama e possibilitar exames comparativos futuros. Em pacientes que apresentam fatores de risco, como hereditariedade, por exemplo, que chega a representar 10% dos casos, o exame de mamografia deve ser repetido todo o ano, iniciando 10 anos antes da idade em que o familiar mais jovem desenvolveu a doen&ccedil;a. &ldquo;Em alguns casos, o paciente tamb&eacute;m &eacute; encaminhado para realizar exames complementares como Ultrassonografia ou Resson&acirc;ncia Magn&eacute;tica&rdquo;, afirma o especialista.</span></p> <p style="text-align: justify;"> </p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 11pt; font-family: calibri, sans-serif;">Mesmo com recursos mais avan&ccedil;ados da medicina, o sistema de sa&uacute;de p&uacute;blica enfrenta in&uacute;meros problemas, como a enorme demanda e a defasagem de profissionais habilitados para trabalhar adequadamente nas regi&otilde;es distantes dos grandes centros. &ldquo;Apesar de o servi&ccedil;o p&uacute;blico possuir profissionais de excel&ecirc;ncia, m&eacute;todos diagn&oacute;sticos e terap&ecirc;uticos&nbsp;de &uacute;ltima gera&ccedil;&atilde;o, cirurgi&otilde;es mais habilidosos e todas as drogas necess&aacute;rias, a demanda ainda continua muito maior que a oferta de tratamento. Outro agravante &eacute; a concentra&ccedil;&atilde;o destes recursos em poucos centros especializados&rdquo;, afirma o especialista. &nbsp;Ele lembra ainda que com o envelhecimento mundial da popula&ccedil;&atilde;o, onde as mulheres s&atilde;o maioria, a pr&aacute;tica da preven&ccedil;&atilde;o de doen&ccedil;as deve ser ainda mais incentivada por lideran&ccedil;as m&eacute;dicas e de governo, al&eacute;m de ressaltar que uma das poucas e mais eficazes redu&ccedil;&otilde;es de risco &eacute; a gesta&ccedil;&atilde;o oportuna, quando acompanhada de amamenta&ccedil;&atilde;o. Outro ponto abordado, s&atilde;o os h&aacute;bitos saud&aacute;veis de dieta balanceada, descanso suficiente, exerc&iacute;cios f&iacute;sicos regulares e controle cl&iacute;nico de comorbidades para uma boa sa&uacute;de em geral.<br /> <br /> <img alt="" src="/FixedFiles/Noticia/outubro-rosa-2.jpg" /><br /> </span></p> <p style="text-align: justify;"> </p>

Na diferença somos todos iguais.

08/10/2014
<br /> <br /> <br /> <img alt="" src="/FixedFiles/Noticia/cartazete.jpg" /><br />

HMCG completa 60 anos com tecnologia e modernas instalações

30/09/2014
<br /> <p style="text-align: center;"><em><span style="font-size: 16px;">&Uacute;ltimos anos foram pautas de amplas reformas e avan&ccedil;os tecnol&oacute;gicos</span></em></p> <p style="text-align: justify;"><strong><span style="font-size: 14px;">&nbsp;</span></strong></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 14px;"><strong>Setembro 2014</strong> &ndash; Uma das mais tradicionais institui&ccedil;&otilde;es de sa&uacute;de da regi&atilde;o do ABC completa 60 anos neste m&ecirc;s. Seguindo a tradi&ccedil;&atilde;o da fam&iacute;lia, o m&eacute;dico Celso Ca&ccedil;apava Gama, filho de Christ&oacute;v&atilde;o da Gama, um dos primeiros cl&iacute;nicos de Santo Andr&eacute;, inaugurou em 1954&nbsp; a Casa de Sa&uacute;de e Maternidade S&atilde;o Christ&oacute;v&atilde;o, com 40 leitos, que mais tarde, em 1960,&nbsp; passou para&nbsp; <strong>Hospital e Maternidade Dr. Christ&oacute;v&atilde;o da Gama (HMCG)</strong>. Ao longo de seis d&eacute;cadas, o Hospital venceu grandes batalhas em nome da sa&uacute;de e hoje figura como institui&ccedil;&atilde;o moderna, atualizada em equipamentos, instala&ccedil;&otilde;es e refer&ecirc;ncia em atendimento m&eacute;dico-hospitalar para milhares de clientes atendidos mensalmente tanto em consultas quanto em interna&ccedil;&otilde;es.<br /> <br /> </span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 14px;">Para manter-se competitivo e adequado &agrave;s necessidades de atendimento, desde 2010 o Hospital ingressou num amplo projeto de expans&atilde;o e atualiza&ccedil;&atilde;o. A amplia&ccedil;&atilde;o somou novos 10 mil m2 de &aacute;rea constru&iacute;da, totalizando, em 2012,&nbsp; 17.700 m2. A nova estrutura&nbsp; comporta seis andares, onde h&aacute; atendimento das &aacute;reas de interna&ccedil;&atilde;o e unidades de terapia intensiva adulto, pedi&aacute;trica e neonatal, e o mais moderno pronto socorro geral do ABC, al&eacute;m de dois subsolos. Com a expans&atilde;o, foi poss&iacute;vel garantir maior comodidade e conforto aos pacientes. O projeto tamb&eacute;m priorizou o conceito de sustentabilidade aliado a mais moderna infraestrutura e tecnologia.<br /> <br /> </span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 14px;">Ao chegar aos 60 anos de atividade, o HMCG &eacute; motivo de orgulho tamb&eacute;m por, entre tantos fechamentos de opera&ccedil;&otilde;es hospitalares na regi&atilde;o, destacar-se como um dos poucos que n&atilde;o s&oacute; manteve as portas abertas como tamb&eacute;m promoveu importantes melhorias para o atendimento m&eacute;dico-hospitalar aos usu&aacute;rios.<br /> <br /> </span></p> <p style="text-align: justify; line-height: 120%;"><span style="font-size: 14px;">Como incremento dos investimentos em moderniza&ccedil;&atilde;o, o Hospital tamb&eacute;m recebeu importantes recursos destinados a novos servi&ccedil;os que envolvem tecnologia de ponta, a exemplo do servi&ccedil;o de Resson&acirc;ncia Magn&eacute;tica, iniciado ano passado, e in&eacute;dito entre os hospitais da regi&atilde;o.<strong> </strong>A novidade foi viabilizada com a aquisi&ccedil;&atilde;o do equipamento Phillips Ingenia de 3 Tesla, que permite a realiza&ccedil;&atilde;o do exame em menor tempo que os equipamentos convencionais e com imagens com maior grau de resolu&ccedil;&atilde;o, gerando menos repeti&ccedil;&otilde;es de exames. Al&eacute;m do arco de abertura maior nas extremidades e comprimento curto, que beneficia pacientes claustrof&oacute;bicos.<br /> <br /> </span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 14px;">Dentro da mesma estrat&eacute;gia, a institui&ccedil;&atilde;o tamb&eacute;m investiu em avan&ccedil;ado servi&ccedil;o de Hemodin&acirc;mica. A tecnologia permite uma grande variedade de interven&ccedil;&otilde;es, combinando um amplo campo de vis&atilde;o com detector plano de alta resolu&ccedil;&atilde;o e ferramentas avan&ccedil;adas para aperfei&ccedil;oar o diagn&oacute;stico e tratamentos em 3D de doen&ccedil;as de alta complexidade. A iniciativa permite interven&ccedil;&otilde;es menos invasivas e com menor risco ao paciente. O servi&ccedil;o funciona 24h e conta com uma equipe especializada n&atilde;o s&oacute; na &aacute;rea da cirurgia vascular, cardiologia e neurologia, que acompanha o paciente durante o procedimento.&nbsp;<br /> <br /> </span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-size: 14px;">Os pr&oacute;ximos anos ser&atilde;o pautados por uma gest&atilde;o profissional e um planejamento de longo prazo para &nbsp;que o HMCG se mantenha como refer&ecirc;ncia de qualidade m&eacute;dico-hospitalar. Para isso, investimentos em pessoas, infraestrutura f&iacute;sica, tecnol&oacute;gica e um corpo cl&iacute;nico renomado n&atilde;o poder&atilde;o deixar de fazer parte do futuro da Institui&ccedil;&atilde;o.<br /> <br /> <img alt="" src="/FixedFiles/Noticia/60 anos_ hmcg.jpg" /><br /> </span></p>
Ver todas as novidades Ver todos os cursos e eventos